vsports

Publicidade

Aves sem seguro de trabalho confirma que não vai a jogo

19 de Julho, 2020 por vsports

O CD Aves tem estado em destaque pela negativa nos últimos dias. Depois do comunicado em que anunciava falhar o último jogo da Liga NOS, frente ao Portimonense, este domingo o clube cancelou o treino e deixou em suspenso os testes à Covid-19, obrigatórios 48 horas antes de um jogo.

Esta interrupção do curso normal do protocolo deixou também o jogo da 33.ª jornada frente ao Benfica em risco. No entanto, o presidente António Freitas deu conta da vontade dos jogadores em ir a jogo e, por isso, estão no pavilhão a fazer o rastreio.

Ainda assim, Estrela Costa, assessora da SAD do CD Aves, garantiu esta tarde, ao telefone em declarações à SPORTTV que o clube não vai mesmo jogar, uma vez que a apólice do seguro de acidentes foi “cancelada por falta de pagamento”.

Sem um seguro em vigor, de acordo com os regulamentos, os jogadores não podem jogar nem treinar: “A SAD estava a fazer esforços para ultrapassar esta situação, mas hoje, por volta da hora de almoço, pedimos para serem cancelados os treinos. No dia 17 de julho de 2020, através dos Seguros Caravela, fomos notificados no sentido de nos informarem que a apólice estaria anulada. Sabemos que o regulamento das competições não permite efetuar sequer o treino ou jogo sem seguros, por causa de possível acidente de trabalho. Após isto, após reunião de urgência, não reunimos a verba para pagar os seguros e não comparecemos aos seguintes jogos e cancelámos os treinos. Isto é um motivo de força maior. Estivemos articulados com a Liga, a Liga foi incansável para ultrapassarmos esta questão, mas não seria justo para os restantes clubes acionarem seguros sem pagamento da apólice. A nossa apólice foi anulada e não podemos fazer treinos e realização dos jogos”, disse a assessora, o que dá a entender que é já uma realidade o facto do clube avense se preparar para faltar aos jogos da jornada 33 e 34.

PARTILHAR: