vsports

Publicidade

Goleada encarnada nos Açores

11 de Setembro, 2021 por vsports

O Santa Clara até esteve perto de marcar, mas o golo de Rodrigo Pinho na estreia a titular com a camisola encarnada em cima do intervalo, foi o início da vitória do SL Benfica por 5-0 no Estádio de São Miguel. A equipa de Jorge Jesus somou a quinta vitória na Liga Bwin e fica agora à espera do resultado do clássico desta noite, entre Sporting e FC Porto.

A equipa de Daniel Ramos foi superior durante grande parte do primeiro tempo. Um lance controverso entre Odysseas e Mansur valeu ao guarda-redes o amarelo e um livre para os açorianos. Lincoln converteu o livre e acertou com estrondo na trave adversária.

Aos 41 minutos, Lincoln voltou a ameaçar o golo, valeu o voo de Odysseas, a manter a sua baliza incólume. No lance imediatamente a seguir, os encarnados marcaram naquele que foi o primeiro remate enquadrado com a baliza do Santa Clara. Passe de Grimaldo a lançar Rodrigo Pinho, o avançado brasileiro na sua estreia rematou forte e bateu Marco. O lance foi alvo de VAR e acabou por ser confirmado por Rui Costa.

A segunda parte dos visitantes foi avassaladora. Aos 53′, após um belo passe de Everton, Darwin apareceu na cara de Marco e atirou de pé direito para o fundo das redes açorianas.

Rafa, que entrou na segunda parte para o lugar de Rodrigo Pinho, o avançado ter-se-á ressentido da lesão, atirou do meio da rua e fez o 3-0 ainda antes da hora de jogo.

Cinco minutos depois, o bis de Darwin. O uruguaio fletiu para meio, armou o remate de pé esquerdo, a bola desviou em Boateng e enganou Marco, que não conseguiu evitar novo golo da formação visitante.

O Santa Clara estava claramente afectado pelo desenrolar dos acontecimentos por isso foi sem estranheza que aos 68 minutos também Yaremchuk inscreveu o seu nome na lista de marcadores. O cruzamento foi de Grimaldo, o ucraniano só teve de encostar.

O SL Benfica soma agora 15 pontos e fica à espera do resultado do jogo de Alvalade, entre Sporting e FC Porto. Em caso de empate, Jorge Jesus pode ver a sua equipa isolar-se com mais quatro pontos que os seus eternos rivais.

PARTILHAR: