vsports

Publicidade

Golo de Francisco Conceição garante liderança ao cair do pano

8 de Janeiro, 2022 por vsports

O FC Porto esteve a perder até ao intervalo por 2-0 no terreno do Estoril Praia, mas na segunda parte acabou por dar a volta ao marcador, com Francisco Conceição a estabelecer o 3-2 final aos 89 minutos. Com este resultado, a equipa portista isola-se na liderança da Liga Bwin, beneficiando da derrota leonina nos Açores no arranque da ronda 17.

Jogo muito dividido e com pouca história até à meia-hora, com o primeiro lance digno de registo a surgir por intermédio de Chiquinho que rematou rasteiro para dentro da baliza de Diogo Costa. No entanto, o lance foi alvo de VAR e o golo dos canarinhos anulado por fora de jogo de Bruno Lourenço aquando do passe para o companheiro.

Ainda assim, novo festejo do Estoril Praia aos 38 minutos, desta vez contou mesmo. Remate de Arthur à entrada da área, a bola desviou em Mbemba e traiu Diogo Costa que não conseguiu evitar o golo da equipa da casa.

Pouco depois, António Nobre considerou que Wendell derrubou Chiquinho em falta e apontou para a marca dos 11 metros. André Franco foi chamado a bater o penálti e não falhou, ao intervalo o Estoril Praia vencia por 2-0.

O descanso fez bem à equipa de Sérgio Conceição que logo nos minutos iniciais reduziu. Evanilson mergulhou na área para cabecear após cruzamento de Luis Díaz, Thiago Silva defendeu, a bola foi ao poste e sobrou para a finalização de Mehdi Taremi.

O guarda-redes estorilista voltou a estar em bom plano logo a seguir, Mehdi Taremi tentou o bis mas encontrou pela frente as pernas de Thiago Silva. Aos 60′, Vitinha teve a mesma sorte. O livre levava selo de golo, mas depois da defesa do guardião, a bola foi à trave e não entrou.

Acabado de entrar, Rui Fonte ainda festejou um golo aos 62′, mas o árbitro anulou o tento por falta ofensiva de Gamboa sobre Evanilson ao primeiro poste. Decisão muito contestada pela equipa da casa, a valer o amarelo ao jogador.

Thiago Silva aos 72′ voltou a estar em grande plano, voou para afastar o remate de Otávio, mas aos 84′ Luis Díaz levou a melhor. Passe de Mehdi Taremi para o colombiano que colocou a bola longe do alcance do guarda-redes.

Em cima do minuto 90, a festa foi portista. Sérgio Conceição tirou Fábio Cardoso e reforçou o ataque com Francisco Conceição que não desiludiu o pai. O jovem jogador aproveitou o passe de Luis Díaz, sempre ele, e à boca da baliza fez o 3-2, garantindo assim os três pontos e a liderança do campeonato para o FC Porto.

PARTILHAR: